Filho da ex-deputada federal de Rondônia Raquel Cândido, mata homem em churrasco no DF após discussão

15 de fevereiro de 2024 55

Walfredo Romano Alves Junior, 52, está foragido desde o crime

Walfredo Romano Alves Junior (52), filho da ex-deputada federal por Rondônia, Raquel Cândido, entre os anos 1987 e 1994 está foragido desde domingo, quando atirou e matou  Hernando Antônio da Silva, 36, após uma discussão banal.

Obrigado por acompanhar o Blog do Painel. Não esqueça de nos seguir no GoogleNews e contribua com nosso blog. Sua ajuda é muito importante.

Atualmente, Walfredo ocupava um cargo na administração do Riacho Fundo, indicado pelo deputado distrital Hermeto Neto (MDB). Procurado, o parlamentar afirmou que o suspeito “sempre foi um cara bacana”, mas que, após o crime, já teve o pedido de exoneração feito. “Álcool e arma de fogo. Essa mistura é terrível”, declarou o distrital.

O crime ocorreu na QR 6 do Arapoanga. Testemunhas informaram que Hernando Silva morava na região havia pouco tempo. Ele participava de um churrasco na casa do autor, acompanhado da namorada. Walfredo Junior estaria assando carne quando começou a discutir com Hernando sobre lotes no Araponga.

Hernando dizia que a mãe dele tinha um lote e que o terreno era bom. E Walfredo afirmava que “fulano tinha um lote lá e que também era bom”. As testemunhas relataram que a discussão girou sempre nesse sentido, de quem tinha o lote melhor, e sobre o cenário da política local.

Hernando Antônio da Silva tinha 36 anos e foi morto por Walfredo

Durante a discussão, os dois ficaram em pé, momento em que Hernando teria pedido para ir embora. O autor entrou em casa e voltou vestindo uma jaqueta preta e com uma arma, calibre 12. Ele apontou a espingarda para a vítima e disparou ameaças: “Você quer ser mais homem que eu? Você não é mais homem que eu”.

Em resposta, Hernando abriu os braços e disse: “Se você quer me matar, atira!”. O autor, então, encostou o cano da arma no peito de Hernando e desferiu o disparo. A vítima morreu na hora.

Ao fugir, o atirador teria repetido, por diversas vezes, “que merda que eu fiz”. Walfredo pegou a arma, entrou em seu carro – um Kia Sportage, cor branca – e abandonou o local. O carro foi encontrado horas depois, estacionado no comércio da Entrequadra 306/307 da Asa Norte.

 

Fonte: ALAN ALEX
PAINEL POLITICO (ALAN ALEX)

Alan Alex Benvindo de Carvalho, é jornalista brasileiro, atuou profissionalmente na Rádio Clube Cidade FM, Rede Rondovisão, Rede Record, TV Allamanda e SBT. Trabalhou como assessor de imprensa na SEDUC/RO foi reporte do Diário da Amazônia e Folha de Rondônia é atual editor do site www.painelpolitico.com. É escritor e roteirista de Programas de Rádio e Televisão. .