GO: saiba quem é Naçoitan Leite, prefeito suspeito de atirar contra ex-mulher

23 de novembro de 2023 46

Naçoitan Leite, prefeito de Iporá (GO), que estava foragido desde o dia em que invadiu a casa da ex-mulher e disparou 15 vezes contra o cômodo em que ela estava, se entregou às autoridades na manhã desta quinta-feira, 23. O crime teria ocorrido no dia 18 de novembro, e essa não foi a primeira vez em que o parlamentar se envolve em polêmicas.

Entenda o caso:

  • De acordo com a Polícia Civil, Naçoitan Araújo Leite estava separado da ex-mulher havia dois meses. O suspeito teria invadido a casa e ido até o quarto onde a vítima dormia com o namorado, disparando 15 vezes contra o cômodo;
  • A Polícia Civil afirmou que a primeira atitude das forças de segurança foi garantir amparo e medidas protetivas aos envolvidos. No mesmo dia, as autoridades iniciaram ações de busca e apreensão na residência e na fazenda do político;
  • O prefeito se entregou cinco dias depois do crime, o que foi informado pelo próprio Instagram do político.

Fora as atuais polêmicas em que Naçoitan Leite está envolvido, outras denúncias já foram feitas contra o político. De acordo com o Globo, em abril deste ano o prefeito foi acionado pelo Ministério Público após incitar atos violentos contra defensores do PT.

A ação movida pelo MP cita mensagens enviadas pelo político em grupos de WhatsApp do Sindicato Rural de Iporá. Na ocasião, Naçoitan questionou a doação de um petista para auxiliar com a obra da fachada da instituição. O prefeito teria dito que apoiadores de tal partido deveriam ser tratados “na botina” e “na bala” se fosse preciso.

Após as eleições de 2022, o político publicou um vídeo afirmando que o ministro do STF Alexandre de Moraes e o presidente Lula deveriam ser “eliminados”, sendo expulso do partido União Brasil pelas declarações.

Em 2021, um vereador da cidade de Iporá alegou que teria sido agredido por Naçoitan após filmar ele em um churrasco. O caso foi para a polícia e o parlamentar publicou fotos de ferimentos nos braços, nas costas e na cabeça. O prefeito afirmou que não havia se envolvido na confusão que ocorreu no churrasco.

Fonte: ISTOÉ