Malafaia triplica dívida com a União durante governo Bolsonaro: R$ 4,6 milhões

17 de maio de 2021 150

Principal aliado das pautas conservadoras do governo na ala midiática evangélica, o pastor Silas Malafaia triplicou sua dívida ativa com a União desde que Jair Bolsonaro (Sem partido) assumiu a Presidência da República.

Segundo informações de Eduardo Militão, no portal Uol nesta segunda-feira (17), a igreja e a editora de Malafaia devem R$ 4,6 milhões em impostos à União. Em 2018, essa dívida era de R$ 1,59 milhão.

Segundo dados da Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional, obtidos pela reportagem por meio da Lei de Acesso à Informação (LAI), a igreja Assembleia de Deus Vitória em Cristo, presidida por Malafaia, deve R$ 2,89 milhões em imposto de renda e contribuições previdenciárias.

Já a editora Central Gospel, também de propriedade do pastor bolsonarista em sociedade com a esposa, Elizete, possui R$ 26 mil em débitos da CSLL (Contribuição Social do Lucro Líquido), além de arrastar R$ 1,76 milhão de dívida ativa por estar em recuperação judicial desde 2009.

 

Fonte: REVISTA FORUM/PLINIO TEODORO