Marcelo Fernandes valoriza ponto do Santos em clássico e reclama de maratona de jogos

13 de novembro de 2023 31

O técnico Marcelo Fernandes valorizou o ponto conquistado pelo Santos no empate sem gols com o São Paulo, apesar de ter jogado o clássico em casa, na Vila Belmiro, neste domingo. Ele reconheceu que o rival foi superior ao longo da partida e lembrou que o ponto se tornou ainda mais importante porque quase todos os rivais diretos na briga contra o rebaixamento tropeçaram nesta 34ª rodada do Brasileirão.

“Ganhamos um ponto importante, só o Vasco ganhou na rodada. Então o ponto foi importante. A equipe sentiu muito a carga física. O São Paulo jogou melhor, precisamos admitir. Não encaixamos. Quando conseguimos (jogar melhor), voltamos a sofrer na parte física. Estávamos desgastados e isso ajudou o São Paulo um pouco. Volto a dizer que é um time muito bem treinado pelo Dorival”, comentou o treinador.

O empate levou o Santos aos 42 pontos, cada vez mais perto da almejada marca de 45 pontos, considerada uma referência para garantir um time na primeira divisão. A equipe da Vila ocupa o 14º lugar, um à frente do Vasco e três acima da zona de rebaixamento.

Questionado sobre as projeções do time para a reta final do Brasileirão, Marcelo Fernandes evitou falar em números. “O Santos não faz projeção, não tem número mágico. Não trabalhamos com projeção, trabalhamos jogo a jogo”, reforçou o técnico.

Assim como já fizeram outros treinadores nesta rodada, como Abel Ferreira, do Palmeiras, ele também reclamou da maratona de jogos do Santos nas últimas semanas. Foram três jogos em seis dias.

“Não é desculpa, mas jogar três jogos em seis dias é complicado. Nossa equipe sentiu muito, correu atrasado. O São Paulo teve um dia a mais de descanso, uma grande equipe, bem treinada. O importante é que ganhamos um ponto aqui, que será muito importante para a nossa sequência”, declarou.

Fonte: ESTADÃO CONTEÚDO