MP da Espanha pede que Daniel Alves seja condenado a 9 anos de prisão por estupro

23 de novembro de 2023 54

O Ministério Público da Espanha pediu nove anos de prisão para o ex-jogador de futebol Daniel Alves, acusado de estupro contra uma mulher de 23 anos em dezembro passado, em Barcelona.

O órgão espanhol também pediu uma indenização de 150 mil euros (R$ 799 mil) para a vítima.

Na semana passada, o Tribunal de Barcelona notificou as partes sobre o julgamento de Daniel Alves, oficializando o encerramento das investigações e dando 5 dias para a apresentação de acusação e defesa.

A data do julgamento do ex-jogador da Seleção Brasileira ainda não foi definida.

O MP espanhol pediu uma pena dentro do veiculado pela imprensa espanhola, que vinha apontando de 8 a 10 anos de prisão.

A defesa do jogador tentará a absolvição, alegando que as relações foram consensuais.

O lateral, que já teve três pedidos de liberdade negados, vai aguardar o julgamento na prisão onde está desde janeiro, nos arredores de Barcelona.

Fonte: De Gianlucca Gattai