Pastor é suspeito de abusar sexualmente de meninas em igreja no Rio

22 de outubro de 2021 89

O pastor Antônio Carlos de Jesus Silva, de 51 anos, da Primeira Igreja Batista, na Vila Kennedy, zona oeste do Rio, é suspeito de ter abusado sexualmente de meninas dentro do templo em que pregava. As informações são do g1.

A polícia investiga uma denúncia que surgiu quando a família de uma menina de 11 anos procurou a delegacia para contar o que teria acontecido com ela na igreja.

Após a primeira denúncia, outra vítima ganhou coragem e também contou ter sido abusada pelo pastor. Hoje adulta, ela conta que sofreu a violência quando tinha 8 anos.

Além das acusações de abuso dentro da igreja, uma das vítimas conta que também foi abusada no consultório do pastor, que atende no shopping de Bangu, também na zona oeste.

Antônio Carlos teve sua prisão preventiva pedida pela delegada responsável pelo caso. Em maio, o Ministério Público estadual denunciou o pastor à Justiça e pediu que ele fosse proibido de se aproximar e manter contato com a vítima ou familiares dela.

Uma terceira vítima, hoje com 22 anos, também ganhou coragem para denunciar o abuso que sofreu aos 8 anos. Ao RJ2, da TV Globo, ela disse que tinha medo de revelar a história.

Fonte: ISTOÉ