Porto Velho decreta situação de emergência com a forte estiagem e seca do rio Madeira

9 de julho de 2024 28

Em razão do clima seco e as previsões climáticas para os próximos meses, o prefeito de Porto Velho, Hildon Chaves, resolveu decreto situação de emergência em Porto Velho. Em sua justificativa, o chefe do Executivo municipal fala do “cenário de extrema seca vivenciado e da iminente possibilidade de desastre decorrente da incidência de impacto potencial aos usos múltiplos, notadamente àqueles dependentes de seus níveis, como navegação e acesso a água, alimentos e medicamentos nas regiões do alto, médio e baixo Madeira”.

No mesmo decreto, o prefeito delegou mobilização intensiva à Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil e pediu a colaboração de outras secretarias na execução de atividades e ações de socorro. A capital de Rondônia teve volume de chuvas inferior a média em 2023, e as previsões preveem um cenário alarmante para os próximos meses.

No Estado, o governador Marcos Rocha já havia decretado emergência em razão da estiagem severa. 

Fonte: RONDONIAGORA