UNIÃO NO CRIME! LULA DIZ QUE PERDOA O PMDB

1 de novembro de 2017 367

A organização criminosa, assim identificada pelo Ministério Público Federal e a
Procuradoria-geral da República, chefiada pelo PT/PMDB consorciada entre PSDB, PP,
DEM, PSD, PDT, PTB, SOLIDARIEDADE, PSOL, PCdoB, PSB e outros, firmou pacto para
estar unida em 2018.

São dois os principais objetivos da união entre eles: livrar da Lava Jato e
bater Jair Bolsonaro.

Lula, em comício realizado em Belo Horizonte, nesta segunda-feira (30), disse que já
perdoou todos os partidos envolvidos no que ele chama de “golpe” contra a
democracia. Ele faz referência ao impeachment de Dilma Rousseff.

Ao lado da presidente cassada Dilma Rousseff e do governador Fernando Pimental , o
ex-presidente condenado disse que a direita tentou usurpar o poder destruindo a
reputação de seus adversários políticos.. Lula citou Getúlio Vargas e JK como
exemplos.

No comício antecipado Lula disse que ainda não sabe se será ou não candidato em
2018 em razão da condenação que tem dada pelo juiz federal Sérgio Moro.

Aproveitou para alfinetar Aécio Neves chamando-o de “filhinho de papai” frustado.
Em certo momento o ex-presidente condenado lembrou que a direita tem um
candidato que ameaça a democracia brasileira, ele falava de #JairBolsonaro que
lidera pesquisas de intenções de votos inclusive em Minas Gerais.