Aos 94 anos, Cid Moreira sobre vida sexual: ‘Nunca deixamos o romantismo’

27 de julho de 2022 48

Cid Moreira, de 94 anos, que descobriu uma insuficiência renal e precisou mudar o seu estilo de vida, falou sobre a relação com a mulher, a jornalista Fátima Sampaio, de 58 anos.
Nós nunca deixamos o romantismo de lado. Eu mesmo duvidava disso. É incrível. Eu gostava tanto de jogar tênis e ficava pensando como seria quando eu tivesse que parar, mas nem me lembro mais. Às vezes, sonho que estou jogando. E é mais ou menos isso que acontece com a vida sexual”, admitiu Cid, em entrevista ao site “Quem”.

“O amor vai sofrendo uma transformação tão bonita, vai ganhando uma profundidade, que não tem como explicar. Só quem vive sabe. Vai recompensando a gente da diminuição do ato sexual, da sensualidade. Tem uma coisa muito legal também que já estou entrando nos 60 e já tive menopausa. A minha libido também diminuiu. Então, fica equivalente. Ele não fica preocupado que estou com a antena ligada por aí. Temos que ser sinceros que o amor é uma coisa e disposição física é outra”, completou Fátima.

Fonte: ISTOÉ