Liberdade de Expressão x Judiciário Ditador x Senado Corrompido

1 de novembro de 2021 275

1 – O rolo compressor da internet.
A internet não só alterou a entrada de grana da velha mídia como trouxe para a cena o sujeito distante. Que literalmente, estava distante. Hoje opina, se emociona, avalia, compartilha a cena, altera a cena, reescreve seu escript.

2 – E a verdade?
Não é a primeira impressão que importa.. Fake News ou não! É algo a apurar. O foco é que a internet é um meio poderoso de comunicação, interação e integração. Esse é um fato real. Verdadeiro, que alterou o status quo de muitos. 
 
3 –  E aí as oposições?
Principalmente os partidos, os políticos, a velha mídia, personalidades e autoridades diversas, a internet puxou o tapete de todos. Mexeu com a “zona” de conforto. E não são robôs.

4 – E os atos anti-democráticos?
Criação dos sentidos ofendidos e contrariados. Negam o direito a livre expressão, agora os ditadores inrrustidos, fazem o que querem e condenam a todos. --- “Se não entrar na linha, vão prender!” 

5 – Tempos atrás era inimaginável o cidadão assistir a uma sessão do STF.
Todo mundo exposto as fogueiras das vaidades. Aí o que dizem e até o que fazem as escondidas, se propagam numa rapidez imensa pela internet. Aí vem os comentários positivos, negativos, avaliações, condenações. Quem segura essa força?

6 – Aí complicou pra quem julga e não estava acostumado a ser julgado.
Nada se espera diferente. Pra quem ouvia que “decidão judicial não se discute, se cumpre”, só estava faltando esse impurrão na internet para a “ditadura da toga” sentar no trono.

7 – Aí sem lei, sem documento, rasgaram a Constituição.
Milhões nas ruas. Mudanças já. Cada qual no seu quadrado. Mas estamos todos amarrados nas armadilhas da Constituição de 1988. Sete de setembro real, até agora, só o de 1822.

8 – O Senado com poder de mudar, tem um monte de vassalos pendurados na Jusitiça e outros com seus interesses econômicos dependentes do Judiciário.
E aqui fora, no mundo real, o povão, sem as mordomias e liturgias dos cargos, enfrenta não só a pandemia do Covid, mas o aumento dos preços dos alimentos, dos combustíveis, da falta de emprego, da fome, da alta da inflação e dos juros. 

9 – Até quando a população vai aceitar isso passivamente?
E lá no Senado o Presidente da Casa, Rodrigo Pacheco, deixa cadutar Medidas Provisórias importantes para o desenvolvimento do País, e tem gente aplaudindo. Se quer o assunto foi debatido, mas num expediente e prerrogativa do presindente do Senado, o cara num ato, este sim, anti-democrático, inrrustido no regimento da casa, põe tudo a perder e prejudica a Nação toda. E como todos já sabem, Rodrigo Pacheco, já se lançou pre-candidato à Presidencia da República em 2022. Lembrem-se de registrar seu protesto nas urnas não votando nesse cara e nem em candidatos ao senado com esse perfil e comprometimento.
 
Participe.
10 – Esta coluna é escrita com a participação de várias pessoas e Você poderá participar e contribuir enviando e-mail para: jaburu.ro@gmail.com

11 – Envie sua observação, crítica, matéria, sugestão, pauta, direito de resposta, etc, em até quatro linhas.

Fonte: JABURU
JABURU DIRETO AO ASSUNTO

Chegou 2016. E aí rei da cocada? E aí autoridades? 1 – Ano de eleição. Não fez, não fez! Político promessa é igual produto ruim. Experimenta-se somente uma vez. 2 – E aí a propaganda? Prometeu. Mentiu. Não fez. Não cumpriu. Enganou. Difícil apagar da mente. Não adianta gastar a grana do povo. Tirar foto com fotoshop. Vai ter que tirar do ar. Os da lei mandaram! 3 – E tem mais! Aguenta a oposição mostrando e reprisando as notícias das promessas e das maracutaias. 4 – E as maracutaias “novas”? Tem muita gente calada. Por conveniência. Muda nunca! Amordaçada muito menos! E roubo não se esconde e muito menos se esquece. Os caminhos ficaram marcados e o pior, documentados. 5 – Tá tudo scaneado e filmado. E haja sacanagem! Como diz o caipira. “Na roça tem hora pra tudo!”. “Pra cume, pra bebe, pra trabaia, pra caga e pra fala mar dosoutros”. 6 – E a elite está preocupada. A tropa já está em campo avaliando suas empatias. 7 – Cidade e mente. Ambas pequenas. É assim! Querem vencer pela empatia e pelo poder. Tudo no interesse próprio. 8 – E a elite mostrando --- o ruim que “gostam” e o bom que não os “serve”. O município se desenvolve, mas as cabeças dominantes são permanentemente contaminadas, agora pelo Zika Vírus. “E a Cidade faz a sua metamorfose atropelada e empurrada pela população, mas continua o berço da elite dos homens de cabeça pequena”. --- Praga que resiste ao tempo. Participe. 9 – Esta coluna é escrita com a participação de várias pessoas e Você poderá participar e contribuir enviando e-mail para: jaburu.ro@gmail.com 10 – Envie sua observação, crítica, matéria, sugestão, pauta, direito de resposta, etc, em até quatro linhas.