Ações europeias fecham perto de máximas em uma semana impulsionadas por setor de tecnologia

22 de dezembro de 2021 73

(Reuters) – As ações europeias fecharam perto de máximas em uma semana nesta quarta-feira, lideradas por ganhos em papéis de tecnologia e industriais, mesmo com investidores preocupados com a perspectiva de recuperação global em meio ao aumento nos casos de Covid-19 causado pela variante Ômicron.

O índice pan-europeu STOXX 600 fechou em alta de 0,92%, a 478,36 pontos, seguindo um salto de 1,4% na sessão anterior, que também foi seu melhor dia em duas semanas. As ações de tecnologia lideraram os ganhos, seguidas pelos setores industrial, de viagens e papéis relacionados a construção.

“Será um clima muito cauteloso para as ações, ao invés de qualquer tipo de euforia, indo para o Natal”, disse Susannah Streeter, analista sênior de investimentos e mercados em Hargreaves Lansdown.

A liquidez fraca e o risco associado à propagação da cepa Ômicron resultaram em volatilidade do índice de referência nos últimos dias.

Enquanto isso, o Banco Central Europeu (BCE) pode aumentar as taxas de juros já no final do ano que vem, e sinalizar um fim das compras de títulos seria um forte sinal de que a mudança acontecerá nos próximos dois trimestres, disse o membro do Conselho do BCE Robert Holzmann.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 0,61%, a 7.341,66 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 0,95%, a 15.593,47 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 1,24%, a 7.051,67 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 0,66%, a 26.827,93 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou alta de 0,85%, a 8.459,10 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 valorizou-se 0,15%, a 5.459,66 pontos.

Fonte: Por Anisha Sircar e Shashank Nayar