Ator mirim da Globo nega precisar de sugar daddy após apelo por dinheiro

5 de abril de 2021 52

João Fernandes, que ficou conhecido por atuar em "Caminho das Índias" , negou passar necessidades financeiras nesta segunda-feira (05). O comunicado do ator vem após uma publicação no Instagram repercutir na imprensa. Na mesma, ele apela por um sugar daddy, pois não consegue trabalhos por conta da pandemia do novo coronavírus (Sars-coV-2). 

"O Instagram é um lugar em que tenho contato com o meu público, Mas não tenho milhões de seguidores, quando algo acontece, não tenho a força de uma Anitta para me explicar. Era o dia internacional do teatro, fiz várias postagens comentando as dificuldades da profissão e fiz uma brincadeira, rindo, sobre não estar conseguindo trabalhar", disse João Fernandes , em entrevista à Patrícia Kogut.

"Dos meus 111 mil seguidores, ninguém levou a sério. Em um dos vídeos, eu falava em parceria para conseguir apartamento, que é uma coisa que não existe. Para mim estava claro que era uma zoeira. Mas aí uma pessoa colocou num jornal. Esse equívoco jornalístico, feito em cima de uma coisa que foi postada, me prejudicou bastante em muitos sentidos", continuou o ator .

"Logo que eu vi, ri. Porém depois comecei a receber muitas mensagens de pessoas que não me seguiam falando disso como se fosse sério. Cheguei a gravar stories explicando tudo, mas achei melhor apagar. Eu publico coisas todos os dias. Já postei sobre o filme, sobre a inscrição no Emmy, trabalhos, e tudo o mais. E só virei notícia quando a informação tinha um apelo sexual e sensacionalismo", acrescentou João Fernandes .

"Mais de 20 sites de fofoca reproduziram a notícia e ninguém nem tentou falar comigo. Me pergunto que jornalismo é esse que as pessoas consomem. Sou um cara que moro em apartamento próprio, na zona sul do Rio de Janeiro. Aos 22 anos, tenho vários privilégios. Durante muitos anos fui assalariado da TV Globo", lembrou o ator . 

"Eu estaria sendo estúpido se falasse que passo necessidade, quem me acompanha sabe disso. De repente, começo a receber mensagem de gente perguntando se podia fazer uma transferência bancária para me ajudar. Pessoas que eu via que não tinham dinheiro de sobra. Me doeu no coração estar nessa situação e não ter força para explicar. Tenho tentado aproveitar a atenção que ganhei para falar de coisas que acho importantes. Antes, meus Stories tinham mil visualizações, agora têm 50 mil. Ganhei mais de cinco mil seguidores em um dia. Divulguei todas as casas de apoio que eu ajudo, por exemplo", garantiu.

 

 

Fonte: Por iG Gente