EUA querem desnuclearizar Coreia do Norte

5 de agosto de 2022 35

Nancy Pelosi, presidente da Câmara dos Deputados dos Estados Unidos, e Kim Jin-pyo, presidente da Assembleia Nacional da Coreia do Sul, prometeram nesta quinta-feira, 4, apoiar a campanha de desnuclearização da Coreia do Norte.

“Ambos os lados expressaram preocupação com a terrível situação da crescente ameaça da Coreia do Norte”, informaram em comunicado conjunto, depois de reunião. “Concordamos em apoiar os esforços dos dois governos para alcançar a desnuclearização prática e a paz por meio da cooperação internacional e do diálogo diplomático, com base na dissuasão forte e estendida contra a Coreia do Norte.”

O presidente sul-coreano, Yoon Suk-yeol, não se encontrou com Pelosi por causa das férias programadas para esta semana, mas conversou por telefone com a congressista. Suk-yeol garantiu que vai cooperar com o Congresso dos EUA pela desmilitarização dos norte-coreanos.

Ameaças de Kim Jong-un

No fim de julho deste ano, o ditador norte-coreano, Kim Jong-un, disse que sua nação está preparada para mobilizar as armas nucleares do país contra qualquer possível confronto militar com os EUA e a Coreia do Sul.

“Nossas Forças Armadas estão agora totalmente preparadas para lidar com qualquer tipo de crise, e o dissuasor de guerra nuclear de nosso país também está totalmente pronto para demonstrar seu poder absoluto com precisão e prontidão fiel à sua missão”, afirmou Kim Jong-un.

Segundo Kim Jong-un, os EUA estão “obcecados” em transformar o país asiático no “diabo” para manipular a opinião internacional. Sobre a Coreia do Sul, o ditador reforçou que o vizinho segue “frenético” para desenvolver armas.

Fonte: Gleyson Araújo