Flamengo enfrenta América-MG para se reabilitar e aliviar pressão no Brasileirão

25 de junho de 2022 59

Pressionado com a sequência ruim na temporada, o Flamengo busca ainda se adaptar ao esquema de Dorival Júnior para engrenar no Campeonato Brasileiro. O duelo deste sábado, às 19h, no Maracanã, pela 14ª rodada, é diante do América-MG, time que luta contra o rebaixamento.

O Flamengo vem de duas derrotas dolorosas contra o Atlético-MG. A primeira no Brasileirão por 2 a 0. No meio da semana, pela Copa do Brasil, por 2 a 1. A campanha no Campeonato Brasileiro chama atenção de forma negativa, já que está com 15 pontos, em 14º lugar.

A preocupação no América-MG é ainda maior, porque não vence há quatro rodadas e perdeu para o Fortaleza, por 1 a 0, no último domingo, na Arena Castelão. O time mineiro tem despencado na tabela, tanto que está em 16º, com 15 pontos.

Ainda sem encontrar a formação ideal, Dorival Júnior quebra a cabeça para montar o melhor Flamengo. Ele não poderá contar com o atacante Bruno Henrique, que passará por uma cirurgia e a expectativa é que volte a campo apenas no próximo ano, e nem com Everton Cebolinha, badalado reforço vindo do Benfica e que poderá atuar em julho, devido à janela de transferência.

A principal dúvida do treinador está no ataque entre Pedro e Lázaro. Com Marinho em baixa, a tendência é de que Pedro ganhe mais oportunidades entre os titulares. Nas laterais, Matheuzinho ainda aparece à frente de Rodinei, enquanto Ayrton Lucas deve ganhar o duelo com Filipe Luís. Este aparece em uma possível lista de saída ao lado do volante Willian Arão e do meia Diego Ribas.

O Flamengo está começando a encontrar um momento em que daqui a pouco consigamos uma constância, segurança um pouco maior e, principalmente, recuperar a confiança dos jogadores. A partir do instante que isso acontecer no mesmo momento, poderemos ver novamente essa equipe com a vibração que tivemos, mas com resultados bem melhores”, disse Dorival Júnior.

Do lado do América-MG, as novidades ficaram por conta dos retornos do goleiro Matheus Cavichioli, e dos meias Índio Ramirez e Matheusinho, todos liberados pelo departamento médico. O último, no entanto, deve ficar como opção no banco de reservas.

E os reforços não param por aí. O técnico Vagner Mancini também contará com o meia Alê, que cumpriu suspensão automática. Existe ainda a possibilidade do atacante Paulinho Boia ser relacionado. Por outro lado, o goleiro Jailson foi vetado. Na lateral-direita fica a dúvida entre Raúl Cáceres e Patric.

Durante a semana, Vagner Mancini reforçou junto aos jogadores que este é o momento para reagir e mostrar força. “O América precisa melhorar. O nível de jogo do América não baixou, abaixou a parte técnica. E isso talvez esteja fazendo com que a gente oscile dentro das partidas, e acaba dando chance ao adversário”, afirmou Mancini, prometendo uma reação.

Fonte: ESTADÃO CONTEÚDO