Flamengo na Libertadores: análise da vitória sobre Millonarios

29 de maio de 2024 59

 Foto: Gilvan de Souza / CRF

Flamengo não deixou dúvidas sobre a capacidade de seu elenco e equipe carioca, comandada por Tite, demonstrou uma postura imponente e uma estratégia ofensiva eficaz que culminou em uma vitória por 3 a 0 contra o Millonarios e garantindo assim, sua vaga nas oitavas de finais da Libertadores.

A partida, realizada na noite desta terça-feira, 28, foi marcada pela alta intensidade e pelo controle do jogo imposta pelo rubro-negro desde os minutos iniciais.

O Rubro-Negro foi capaz de explorar falhas do time adversário, consolidando um resultado que demonstra não apenas a habilidade, mas também o planejamento tático eficiente da equipe do técnico Tite.

Flamengo derrota o Millonarios pela Libertadores

Desde o começo do jogo, o Flamengo mostrou que entraria em campo com um único objetivo: vencer.

O primeiro gol saiu cedo, fruto de um erro do defensor Giraldo do Millonarios que, sob pressão, fez um recuo mal calculado.

Pedro, sempre oportuno, interceptou a bola e com um toque sutil, conseguiu vencer o goleiro Montero, colocando o Flamengo à frente do marcador.

David Luiz foi essencial não apenas interceptando jogadas, mas também apoiando o ataque.

Avançando até o campo ofensivo, David demonstrou versatilidade ao participar diretamente do segundo gol. Um cruzamento preciso encontrou Gerson, cuja finalização desviada por Vargas selou o segundo gol da partida.

Terceiro gol Rubro-Negro

O terceiro gol foi uma obra de arte coletiva que começou com uma jogada inteligente de Viña. O uruguaio, mostrando grande visão de jogo, roubou a bola e a lançou para Pedro, que inteligentemente se posicionou para receber o passe e finalizou com precisão.

Esse gol não apenas selou a vitória, mas também mostrou o potencial de ataque coordenado do Flamengo.

Na segunda metade, a entrada de Arrascaeta trouxe mais dinamismo, embora o jogador ainda parecesse estar buscando seu melhor ritmo.

Suas jogadas criaram oportunidades e mantiveram o Millonarios sob pressão, garantindo que o Flamengo continuasse no controle do jogo.

A atenção agora se volta para os próximos jogos, com a esperança de que a equipe mantenha seu desempenho e avance firme em busca do título.

Com uma equipe equilibrada e estratégias bem aplicadas, o Flamengo continua sendo um adversário formidável nesta edição da Libertadores.

Fonte: Redação O Antagonista