Flávio Dino sinaliza que não demitirá assessores que receberam ‘dama do tráfico’ no MJ

17 de novembro de 2023 60

Em meio ao escândalo envolvendo a visita de Luciane Barbosa Farias, conhecida como a ‘dama do tráfico no Amazonas’, à sede do Ministério da Justiça e Segurança Pública, o ministro Flávio Dino defendeu, nesta quinta-feira (16), a conduta de seus assessores, segundo o jornal O Estado de S. Paulo, afirmando que não seria ‘justo’ demiti-los.

Dino questionou se os secretários praticaram algum ato ilegal ou crime, enfatizando a necessidade de responsabilidade e seriedade na abordagem do assunto. “Os secretários que receberam praticaram algum ato ilegal? Os secretários praticaram algum crime? Beneficiaram supostamente o Comando Vermelho em quê? É preciso ter um pouco de responsabilidade e de seriedade. Eu tenho o comando da minha equipe, confio na minha equipe e eu não demito secretário de modo injusto. Se eu fizesse isso, quem iria ser desmoralizado não ia ser o secretário, era eu”, declarou o ministro em evento no Ceará, conforme o Estadão.

O ministro classificou a situação como um ‘desespero político’ de quem está insatisfeito com o combate ao crime organizado que o governo vem realizando. Ele esteve no Ceará para participar de eventos relacionados à segurança pública, receber o título de cidadão cearense na Assembleia Legislativa e conceder entrevistas junto ao governador Elmano de Freitas (PT-CE).

O Conexão Política tenta contato com a assessoria do Ministério da Justiça para confirmar as declarações.

Fonte: Por Raul Holderf Nascimento