Mourão detona Moraes

19 de julho de 2022 378

O vice-presidente da República, general Hamilton Mourão, fez duras críticas ao ministro Alexandre de Moraes, que em decisão exarada nesta segunda-feira (18) proibiu postagens associando o ‘ex-meliante’ Luiz Inácio Lula da Silva e o PT ao PCC e ao assassinato do ex-prefeito Celso Daniel.

Moraes determinou que 16 perfis de políticos apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (PL) excluam conteúdos que ligam Lula e o PT à morte do ex-prefeito Celso Daniel e à organização criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC).

O ministro ainda estipulou multa de R$ 10 mil por dia se os conteúdos não forem excluídos. No caso de novas publicações, a punição é de R$ 15 mil.

Mourão pôs o dedo na ferida:

“Até hoje vemos episódios de cerceamento da liberdade de expressão e da imunidade parlamentar – que a nossa Constituição garante. Mais uma vez, lamentavelmente, o STF extrapola seus poderes e se posiciona de forma política”.

CONFIRA A LISTA DE PESSOAS E VEÍCULOS ALVOS DA DECISÃO

  • Otoni Moura de Paulo Júnior (deputado federal)
  • J. Pinheiro Tolentino Filho – ME (Jornal da Cidade On-Line)
  • José Pinheiro Tolentino Filho (Jornalista e editor-chefe do Jornal da Cidade On-Line)
  • Carlos Eduardo Martins (empresário)
  • Max Guilherme Machado de Moura (assessor especial do Presidente da República)
  • Flávio Bolsonaro (senador)
  • Carla Zambelli Salgado (deputada federal)
  • Jornal Minas Acontece (Pedro Alencar Azevedo)
  • Pedro Alencar Azevedo (sócio proprietário do Jornal Minas Acontece)
  • Cláudio Gomes de Carvalho
  • Hélio Fernando Barbosa Lopes (deputado Federal)
  • Gilney Gonçalves da Silva (empresário)
  • Pessoas Responsáveis pelo canal DR News, da plataforma YouTube
  • Pessoas Responsáveis pelo canal Políticabrasil24, da plataforma YouTube
  • Pessoas responsáveis pelo perfil Titio 2021, da plataforma Getter
  • Pessoas responsáveis pelo perfil Zaquebrasil, da plataforma Getter
Fonte: Gleyson Araújo