Prefeito Hildon pavimenta caminho ao Palácio Rio Madeira, Redano assume Colegiado das ALEs Brasil, TRE-Rondônia tem novo comando

27 de novembro de 2021 94

 Governador – Engana-se quem acredita, que o prefeito-reeleito de Porto Velho, Hildon Chaves (PSDB) não esteja planejando o futuro político, inclusive uma candidatura ao governo do Estado, como a maioria dos membros do seu partido quer e o incentiva. Esta semana Hildon participou de concorrido encontro em um hotel da capital com vereadores rondonienses e também do município de Cruzeiro do Sul, do Acre, onde destacou a importância dos membros do parlamento mirim na administração municipal. Segundo Chaves, “a regra básica é que uma Câmara nunca deve aprovar uma Lei, que gere despesas extraordinárias ao Executivo”, e que também deve discutir amplamente o anteprojeto de lei, para que ele não tenha vícios de origem.  

Governador II – O RONDONIA DINÂMICA realizou esta semana enquete consultando o leitor e apresentando dez nomes de prováveis candidatos a governador nas eleições gerais de outubro do próximo ano com um tema polêmico: “quem o leitor NÃO votaria em hipótese nenhuma” e Hildon obteve 5% de rejeição. É um número baixo para quem há quase cinco anos é prefeito da capital de Rondônia com mais de 320 mil eleitores. Não se pode ignorar, que político que tem voto, também tem rejeição. É normal. O que não pode é a rejeição superar a aprovação. Como Hildon obteve 5% de “NÃO” é um político com enormes possibilidades de sucesso numa candidatura a governador no próximo ano. Hildon está pavimentando e recapeando ruas e avenidas da capital, mas pelo que tudo indica também o caminho rumo ao Palácio Rio Madeira... 

Colegiado – O presidente da Assembleia Legislativa (Ale), Alex Redano (PRB-Ariquemes), um dos políticos emergentes do Estado conseguiu mais um importante espaço político na sua vida pública. Foi eleito esta semana presidente do Colegiado Permanente de Presidentes das Assembleias Legislativas do Brasil composta de presidentes das 26 ALEs da União e da Câmara Distrital do Distrito Federal. É a primeira vez que um deputado de Rondônia assume o comando da entidade nacional. Redano foi eleito durante a 24ª Conferência Nacional da Unale que está sendo realizada esta semana em Campo Grande (MS). Além de Redano, mais 11 deputados de Rondônia participam do evento que está sendo encerrado hoje (26).  

Eleições – Foram empossados esta semana os desembargadores Paulo Kiyochi Mori e Miguel Monico Neto, respectivamente, como presidente e vice do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de Rondônia. Paulo Mori e Miguel Monico estarão comandando o TRE no biênio 2022/2023 e terão a responsabilidade de dirigir as eleições gerais do próximo ano, quando serão eleitos presidente da República, governadores, uma das três vagas de cada Estado e Distrito Federal ao Senado, deputados federais e estaduais. A solenidade foi prestigiada por diversas autoridades e dentre elas o prefeito de Porto Velho, Hildon Chaves (PSDB).  

Programas – O governo do Estado vem trabalhando bem os programas “Tchau Poeira”, de pavimentação e recapeamento nas ruas e avenidas das cidades e até de distritos, o mesmo ocorrendo com o “Porteira Adentro”, de apoio ao produtor rural; “Governo na Cidade”, de recuperação de áreas de lazer, dentre outras ações e o “Saúde no Interior”, que será desenvolvido no sábado (27) em São Francisco do Guaporé. Todos são executados em parcerias com as prefeituras. O de apoio à saúde, que prioriza pessoas que dependem de atendimentos médicos especializados, está sendo fundamental devido a pandemia, pois evita o deslocamento de pacientes para centros maiores provocando superlotação nos hospitais regionais de Ji-Paraná, Cacoal e Vilhena.  

Respigo  

Com as festas de Natal e Ano Novo se aproximando aumenta de forma significativa a mobilização de pessoas e veículos nos locais de maior movimentação em Porto Velho, como a área central, zonas Leste e Sul e imediações do Porto Velho Shopping. E os acidentes estão aumentando de forma preocupante, quase sempre devido a pressa dos motoristas e motoqueiros, além de ignorarem semáforos e vias preferenciais, a deficiência na sinalização e fiscalização e orientação, precárias +++ A partir da próxima semana não teremos vacinação contra o covid-19 na sede da Escola do Legislativo, que é mantida pela Assembleia Legislativa (Ale). A Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) de Porto Velho antecipou o prazo de paralisação, que iria até dezembro próximo. 

Fonte: WALDIR COSTA
RD POLITICA ( WC E REDAçãO)