Santos e São Paulo empatam sem gols em clássico de poucas emoções na Vila Belmiro

13 de novembro de 2023 36

Em clássico de poucas emoções na Vila Belmiro, Santos e São Paulo empataram sem gols neste domingo, em partida da 34ª rodada do Campeonato Brasileiro. Precisando da vitória para se afastar da zona de rebaixamento, o time santista esbarrou na boa atuação da defesa adversária. A equipe tricolor teve as melhores chances e chegou a ter um gol anulado, mas também não demonstrou volúpia para atacar o rival e continua sem vencer fora de casa na competição.

O Santos chega aos 42 pontos, se aproxima do número mágico de 45, mas continua ameaçado pela zona de rebaixamento, a cinco da zona do rebaixamento. O São Paulo soma 46 e termina a rodada na décima colocação. Após a Data Fifa, o time santista encara o vice-líder Botafogo, no Rio de Janeiro, no dia 26. Na mesma data, o tricolor paulista recebe o Cuiabá, no Morumbi.

A partida começou bastante estudada, com ambas as equipes dando poucos espaços para o adversário insinuar alguma jogada de perigo. Com a vida já resolvida na temporada após o título da Copa do Brasil, o São Paulo não tinha pressa e valorizava a posse de bola, trocando passes sem se precipitar. O Santos, que não goza da mesma tranquilidade, marcou forte e tentou definir rapidamente as jogadas, apostando principalmente nas escapadas em velocidade de Soteldo. Aos 24 minutos, o venezuelano assustou com boa finalização após contra-ataque.

Ao longo do primeiro tempo, o Santos passou a ficar mais com a bola, mas foi justamente aí que o São Paulo começou a ser mais perigoso. A equipe alvinegra acumulou erros em trocas de passes e deu chances para o adversário contra-atacar. O time de Dorival Júnior demonstrou organização e qualidade para chegar na frente, mas pecou nas finalizações e viu a defesa rival salvar por duas vezes em baixo da trave, em cabeçada de Michel Araújo e chute de Wellington Rato. Os santistas voltaram a assustar nos acréscimos, em cobrança de falta de Soteldo.

O Santos voltou para a etapa final pressionando, mas sem exigir muito do goleiro Rafael. O time da Vila Belmiro vivia bom momento quando Juan escorou bom cruzamento de Rato e abriu o placar para o São Paulo. O lance foi anulado após checagem do VAR e a torcida santista voltou a cantar alto após o susto – o que não mudou muito o panorama da partida. O time tricolor parecia satisfeito com o empate e não fez força para furar a defesa rival. A equipe comandada por Marcelo Fernandes rondou a área adversária, mas encontrou um rival bem postado e quase não chutou a gol.

O clássico ficou movimentado na reta final, com disputas mais acirradas pela bola. Marcelo Fernandes colocou em campo o argentino Julio Furch, responsável por gols importantes do Santos no Brasileirão, mas o centroavante poucas vezes foi acionado. Erison, aos 40, e David, aos 44, por pouco não tiraram o zero do marcador para o São Paulo, mas a partida encerrou empatada sem gols.

FICHA TÉCNICA:

SANTOS 0 X 0 SÃO PAULO

SANTOS – João Paulo, Lucas Braga, Messias, Joaquim e Kevyson (Gabriel Inocêncio); Tomás Rincón, Jean Lucas (Dodi), Nonato (Lucas Lima) e Soteldo; Maxi Silvera (Rodrigo Fernández) e Marcos Leonardo (Julio Furch). Técnico: Marcelo Fernandes.

SÃO PAULO – Rafael; Rafinha (Nathan Mendes), Arboleda, Beraldo e Caio Paulista (Wellington); Pablo Maia, Alisson (Thalles Costa), Wellington Rato e Michel Araújo (Erison); Luciano e Juan (David). Técnico: Dorival Júnior.

CARTÕES AMARELOS – Wellington Rato e Rafinha (São Paulo).

ÁRBITRO – Raphael Claus (Fifa-SP).

RENDA – R$ 663.562,50.

PÚBLICO – 13.442 torcedores.

LOCAL – Vila Belmiro, em Santos (SP).

Fonte: ESTADÃO CONTEÚDO