‘Tsunami de casos’ pode sobrecarregar sistemas de saúde, alerta OMS

29 de dezembro de 2021 60

A circulação simultânea das variantes Delta e Ômicron do coronavírus está criando um “tsunami de casos”, disse o diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus, em coletiva de imprensa nesta quarta-feira (29).

“Estou muito preocupado que a Ômicron , sendo altamente transmissível e se espalhando ao mesmo tempo que a Delta, esteja levando a um tsunami de casos. Isso é e continuará a colocar uma pressão imensa sobre os trabalhadores de saúde exaustos e os sistemas de saúde à beira do colapso”, disse Tedros.

O diretor-geral da OMS repetiu seu apelo para que os países compartilhem as vacinas de forma mais equitativa e alertou que a ênfase em reforços nos países mais ricos poderia deixar as nações mais pobres sem vacinas.

Ele disse que a OMS está fazendo campanha para que todos os países atinjam a meta de 70% de cobertura vacinal até meados de 2022, o que ajudaria a acabar com a fase aguda da pandemia.

A véspera de Ano Novo marcará o segundo aniversário da China alertando a OMS para 27 casos de “pneumonia viral” de origem desconhecida na cidade de Wuhan.

Desde então, mais de 283 milhões de pessoas foram infectadas pelo novo coronavírus em todo o mundo e mais de 5 milhões morreram

Fonte: ISTOÉ