VÍDEO: Guga Chacra afirma que vitória de Lula é certa e que a terceira via não existe

24 de junho de 2022 60

Na edição do programa Em Pauta (Globo News) desta quinta-feira (23), o jornalista Guga Chacra, ao escutar o comentário da colega de bancada, Ana Flor, de que o ex-presidente Lula poderia perder a eleição deste ano, se mostra um tanto espantado com a análise e questiona a colega: como isso poderia acontecer?

“Ana, olhando esse número, que está 57% (Lula) a 34% (Bolsonaro), mas se você transforma em voto valido vai a 62% a 38% a diferença do ex-presidente Lula para o presidente Bolsonaro e levando em conta as rejeições, como a Flávia falava, que é o inverso, 55% a 35%, eu queria entender: como é que o Lula perde essa eleição? Visto que ele é um candidato conhecido, todo mundo já conhece o histórico do Lula, todo mundo já conhece o presidente Bolsonaro e sejamos honestos, a terceira via inexiste nesse momento”, questiona Chacra. 

Na sequência, o jornalista, que é o correspondente internacional do canal, afirma que, se fosse estrangeiro, candidatos com 1% de intenção de votos não seriam citados. “Se eu fosse um correspondente estrangeiro no Brasil eu não cobriria e sequer citaria em uma reportagem um candidato ou candidata com 1% das intenções de votos, isso não é relevante, de forma alguma. Eu não citei a Anne Hidalgo, prefeita de Paris, quando era candidata à presidência da França, porque ela tinha 1% ou 2%. Citava o Macron, citava a Le Pen e citava o Mélenchon”. 

Guga Chacra, a partir dos números apresentado pelo DataFolha desta quinta-feira, volta a perguntar como seria possível Lula perder as eleições.  “Eu queria entender como é que o Lula, que está em uma situação incomparavelmente mais confortável do que o Macron, como que ele perderia essa eleição? Como isso pode acontecer? Olhando os números, no segundo turno é 62% (Lula) a 38% (Bolsonaro)... quando o Macron ganhou a eleição da Le Pen, a primeira, na segunda a diferença foi menor e eu falei na Globo News, 'Macron trucidou Le Pen', pois, é um massacre quando você tem o dobro do número de votos”, compara o jornalista. 

“Com essa rejeição do Bolsonaro, eu não consigo entender onde que conseguiriam que o Lula não ganharia essa eleição. Porque vendo com o olhar de fora e tendo acompanhado várias eleições ao redor do mundo, na primeira entre Macron e Le Pen eu dava 100% de chance para o Macron ganhar, imagina como é que seria nessa com Lula e Bolsonaro”, finaliza Guga Chacra. 

 

Fonte: REVISTA FÓRUM/MARCELO Hailer