Zagueiro acusado de racismo diz que sua família está sofrendo ameaças

6 de abril de 2021 49

A acusação de racismo por parte do francês Mouctar Diakhaby contra o zagueiro Juan Cala, na partida entre Cádiz e Valência, segue tendo repercussões. Nesta terça-feira, o acusado disse que sua família foi vítima de ameaças após o ocorrido no último domingo (4/4).

O jogador do Cádiz fez a afirmação em entrevista coletiva e também afirmou que está sofrendo linchamento pelo caso. Cala se defendeu e disse que não ofendeu o defensor francês. “Temos recebido todo tipo de ameaça, mas entendo que isso faz parte do circo que foi montado”, afirmou.

A acusação ocorreu por parte de Diakhaby por volta dos 30 minutos da partida desse domingo. Após um desentendimento com Cala, Diakhaby afirmou que o zagueiro teria feito ofensas raciais contra ele. O jogador saiu de campo, acompanhado pelo time do Valencia, que retornou logo depois, mas o francês foi substituído.

A federação espanhola abriu uma investigação sobre o caso.

 

Fonte: METRÓPOLE/Paulo Victor Soares