Daniel Silveira o cordeiro sacrificado para o almoço no STF. E o “jantar”? Aí tem coisa!

20 de fevereiro de 2021 16
1 – E Lira deu o recado!
Não vai admitir adjetivação.
 
2 – Quem viu e ouviu!
Teve encontro não agendado de autoridades máximas. As pedras do xadrez foram mexidas.
 
3 – Cara! Vamos dar um cavalo brigão, pra gente almoça a rainha e depois a gente janta o rei.
E a esquerda, a rainha do almoço caiu na armadilha, deitou e rolou! Mi.mi.mi. da “ditadura da democracia”. Todos com frases de efeitos, já conhecidas e repetidas à exaustão.
 
4 – E o Freio teve um princípio de sacada! Mas não evoluiu.
Ele também mete o pau e usa palavras fortes e duras, comentou. 
 
5 – E o PT junto a sua trupe teve o seu dia de glória com seu deputado do dinheiro na cueca.
Questão de ordem presidente! Foi a frase mais importante!
 
6 – Alguns da direita foram na jugular.
Defenderam o direito à livre expressão. Encenaram bem!
 
7 – Mas implicitamente o que se discutia era outro direito.
O direito de “exigir limites”, sem censurar e sem restringir a opinião.  Bolsonaro, o cara que a esquerda fala que é um genocida, homofóbico e muitas outras “inqualidades”, deve ter dado muita risada. 
 
8 – E o STF foi o grande derrotado nessa batalha, levando consigo a esquerda vencida e perdida.
A guerra só está começando. Os reis que sonham serem supremos logo, logo vão ter seu jantar chique tendo congestão pelo “check mate” arquitetado.
 
9 – E o teatro da guerra uma hora vai para o Senado.
Já que é “antidemocrático” pedir destituição/fecha o Supremo, pedir o impeachment de seus membros é constitucional. Afinal, como aprendemos ontem na sessão especial da Câmara Federal, tudo tem seus limites! E podemos exigir esses limites! É um direito da população dar um basta. E tudo está nas mãos do rondoniense mineiro! --- Pressão nele!
 
Participe!
 
10 – Esta coluna é escrita com a participação de várias pessoas e Você poderá participar e contribuir enviando e-mail para: jaburu.ro@gmail.com
 
11 – Envie sua observação, crítica, matéria, sugestão, pauta, direito de resposta, etc, em até quatro linhas.
JABURU DIRETO AO ASSUNTO

Chegou 2016. E aí rei da cocada? E aí autoridades? 1 – Ano de eleição. Não fez, não fez! Político promessa é igual produto ruim. Experimenta-se somente uma vez. 2 – E aí a propaganda? Prometeu. Mentiu. Não fez. Não cumpriu. Enganou. Difícil apagar da mente. Não adianta gastar a grana do povo. Tirar foto com fotoshop. Vai ter que tirar do ar. Os da lei mandaram! 3 – E tem mais! Aguenta a oposição mostrando e reprisando as notícias das promessas e das maracutaias. 4 – E as maracutaias “novas”? Tem muita gente calada. Por conveniência. Muda nunca! Amordaçada muito menos! E roubo não se esconde e muito menos se esquece. Os caminhos ficaram marcados e o pior, documentados. 5 – Tá tudo scaneado e filmado. E haja sacanagem! Como diz o caipira. “Na roça tem hora pra tudo!”. “Pra cume, pra bebe, pra trabaia, pra caga e pra fala mar dosoutros”. 6 – E a elite está preocupada. A tropa já está em campo avaliando suas empatias. 7 – Cidade e mente. Ambas pequenas. É assim! Querem vencer pela empatia e pelo poder. Tudo no interesse próprio. 8 – E a elite mostrando --- o ruim que “gostam” e o bom que não os “serve”. O município se desenvolve, mas as cabeças dominantes são permanentemente contaminadas, agora pelo Zika Vírus. “E a Cidade faz a sua metamorfose atropelada e empurrada pela população, mas continua o berço da elite dos homens de cabeça pequena”. --- Praga que resiste ao tempo. Participe. 9 – Esta coluna é escrita com a participação de várias pessoas e Você poderá participar e contribuir enviando e-mail para: jaburu.ro@gmail.com 10 – Envie sua observação, crítica, matéria, sugestão, pauta, direito de resposta, etc, em até quatro linhas.